Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 30 de julho de 2016

POLO DE CULTURA POPULAR: Espaço Colunata brilha na 26° edição do FIG

Foto: Allan Gustavo / JCPE
Durante 7 dias da 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), o Espaço Colunata, localizado no centro de Garanhuns, tornou-se palco para apresentação de diversos grupos culturais vindos de todo o Nordeste. Entre as apresentações, 33 delas foram feitas por Alunos e Escolas Estaduais, 300 alunos fizeram apresentações culturais, foram apresentados teatro, samba de coco, reisados, danças populares e outros ritmos. As apresentações iniciavam-se às 10h00, e seguiam até às 19h00.

Uma das escolas a participar desta edição do Festival foi a Escola Professora Elisa Coelho, a apresentação teatral envolveu 14 (quatorze) alunos, a peça apresentada levava o titulo “A Cultura Nordestina Brilha Mais do Que o Sol”, na apresentação foram feitas homenagens para ícones pernambucanos, entre eles o homenageado desta edição no Festival de Inverno, Naná Vasconcelos. As apresentações duraram cerca de 34 minutos (cada), na direção da peça, Carlos Janduy disse se sentir gratificado, e feliz pela apresentação, em entrevista ao programa FIG em Pauta, apresentado por Beto Duran, na 87 FM. “É muito gratificante, ver alunos da Escola Professora Elisa Coelho, se empenhando, confiantes, e muito atenciosos no que vão fazer. A apresentação foi linda, estou muito feliz por fazer parte e poder “dirigir” a trupe da Escola Lisa Coelho”, concluiu o diretor e professor da Escola, Carlos Janduy.

Foram mais de 150 apresentações ao todo, entre elas, Maracatu, Xote, Xaxado, Coco, Baião, Frevo, Reisado, entre outras. O polo “Cultura Popular” trouxe milhares de pessoas para o Espaço Colunata. No dia de encerramento, pra fechar com chave de ouro as apresentações no polo, a alegria ficou por conta do Homem da Meia-Noite (Patrimônio Vivo).

Por Allan Gustavo para o Jornal Crer em Pernambuco

SHOWS: Penúltima noite de shows do 26° FIG foi dedicada ao forró

Foto: Edson Fernandes / Secom PMG
A penúltima noite de shows do Palco Mestre Dominguinhos, na 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, aconteceu nessa sexta-feira (29). O forró foi o ritmo responsável por atrair o grande público para conferir as atrações. Os shows foram marcados por várias homenagens ao cantor e compositor garanhuense Dominguinhos e ao homenageado desta edição, o percussionista pernambucano Naná Vasconcelos.

O cantor Nando Azevêdo subiu ao palco às 21h, com um repertório fiel às origens do forró tradicional; além de várias músicas autorais. O garanhuense já possui mais de dez anos de carreira, tendo se apresentando em grandes eventos, como o Viva Dominguinhos. "Levar o nome de Garanhuns para todo o Nordeste é uma responsabilidade muito grande, e fazer isso aqui neste palco principal me deixa muito alegre", declarou o artista.

Logo em seguida foi a vez da apresentação da cantora pernambucana Cristina Amaral, cantando músicas do seu segundo DVD chamado "Minha voz, minha vida", que celebra os 30 anos da cantora e foi lançado este ano em Recife. A canção "Swing Naná", de 1999, gravada em parceria com o percussionista Naná Vasconcelos também fez parte do show.

A terceira atração da noite foi o também pernambucano Maciel Melo. O compositor de canções como "Caboclo Sonhador" já se apresentou em outras edições do FIG e na "noite do forró" fez o público dançar ao ritmo dos grandes sucessos de sua carreira. Antes de subir ao palco o cantor reforçou a parceria entre os cantores para manter viva a tradição do forró tradicional; evidenciando Pernambuco como um dos estados que mais preserva a cultura nordestina.

Encerrado a programação da oitava noite de shows, Santanna – conhecido como "O Cantador", promoveu em sua apresentação uma homenagem aos mestres pernambucanos Dominguinhos e Luiz Gonzaga. No repertório também estavam presentes músicas do seu último álbum "O forró nosso de cada poesia"; além de se seus sucessos de longa data como a canção "Ana Maria", que o público fez questão de entoar o refrão em alta voz.

Santanna aproveitou também para falar sobre a oportunidade de tocar novamente na Suíça Pernambucana. "Garanhuns me arrebata, ela é uma cidade diferente que produz frutos maravilhosos. Ela produziu um fruto chamado Dominguinhos que é considerado o maior instrumentista do mundo com o acordeão", finalizou o cantor.

Por Aquilles Soares / Secom PMG

ELEIÇÕES 2016:Democratas oficializa Priscila Krause como candidata à prefeita do Recife

Foto: Dele Wanderley/TV Globo
O Democratas (DEM) oficializou, na manhã deste sábado (30), o nome da deputada estadual Priscila Krause como candidata à Prefeitura do Recife. O empresário Alcides Cardoso foi confirmado como vice na chapa. O anúncio foi feito no plenário da Câmara do Recife, no bairro da Boa Vista, na área central da capital, onde aconteceu a convenção dos diretórios municipais do Democratas e do Partido da Mobilização Nacional (PMN).

"Eu quero ser prefeita do Recife para liderar na cidade um processo de transformação na vida das pessoas com a experiência de 12 anos como parlamentar que acompanhou as últimas gestões da cidade de perto, sabendo exatamente o que pode ser feito de diferente para que elas possam retomar a crença de que podem, junto com o Poder Público, construir uma cidade melhor", afirmou a candidata ao chegar para o evento, que contou com a presença do ministro da Educação, Mendonça Filho.

Filha do ex-governador de Pernambuco Gustavo Krause, Priscila tem 38 anos e é formada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Elegeu-se vereadora do Recife nos anos de 2004, 2008 e 2012 e foi eleita deputada estadual em 2014. Na Assembleia Legislativa de Pernambuco, participa das Comissões de Negócios Municipais, de Ciência e Tecnologia, de Finanças e Orçamento e de Defesa dos Direitos da Mulher.

Já o candidato a vice-prefeito da chapa é estreante na política: Alcides Cardoso, de 46 anos, atua no ramo de estacionamento há 14 anos. Filiado ao PMN, o empresário pretende contribuir na construção do programa de governo da democrata com sua experiência no empreendedorismo.

Fonte: G1

sexta-feira, 29 de julho de 2016

MOTOTAXISTAS: Após protesto, Prefeitura de Garanhuns emite nota sobre o serviço.

Imagem: Reprodução internet
Após o protesto de mototaxistas que ocorreu no final da manhã desta quinta(28), a Prefeitura de Garanhuns se pronunciou através de nota distribuída a imprensa.
Segundo a nota, operação de fiscalização será montada neste fim de semana em locais estratégicos na cidade.

Confira a nota emitida pela assessoria de imprensa da prefeitura de Garanhuns:

Nota informativa - Fiscalização do serviço de mototáxi
A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) informa que, dando continuidade às fiscalizações de trânsito de combate ao trabalho clandestino de mototaxistas, será montada, em conjunto com o nono Batalhão de Polícia Militar, uma operação blitz nos dias 30 e 31 de julho, e 1º de agosto. Os horários serão definidos; e os locais escolhidos estrategicamente. A ação busca, cada vez mais, organizar a categoria, valorizando os mototaxistas cadastrados, como também garantir à população um transporte com maior segurança.

Assessoria de Imprensa

quinta-feira, 28 de julho de 2016

MULTIDÃO NO FIG: Segundo maior público, nesta quarta (27), com 38 mil pessoas, segundo a PM.

A sexta noite de shows na Praça Cultural Mestre Dominguinhos celebrou a diversidade musical da cultura nordestina. Segundo a Polícia Militar (PM), mais de 38 mil pessoas compareceram à praça para assistir aos shows na noite dessa quarta-feira (27). As atrações atenderam aos gostos de todos os tipos de público, já que as atrações apresentaram do forró ao frevo.

Por volta das 21h, o já consagrado cantor Azulão começou a noite entoando músicas de forró, que aqueceram os corações daqueles que estavam presentes no polo. Ele ainda teve a participação de seu filho, Azulinho.

O cantor e compositor pernambucano Juliano Holanda subiu ao palco com sua música inspirada na “nova MPB” e agitou o público que gosta de pop rock. Ele já participou diversas vezes do FIG. Juliano teve a ajuda de duas cantoras convidadas, Isadora Melo e Laila Garin. Isadora, que atualmente está em cartaz com o musical “Gabriela”, de João Falcão, conta que sua história com Juliano já é antiga e que é a segunda vez que eles se apresentam juntos no palco principal do Festival de Inverno. Laila Garin, atriz e cantora, fez um dueto com Juliano, pela primeira vez, com a música produzida por ele, “Não Me Deixe”.

A potiguar Roberta Sá foi a terceira atração da noite. Ela trouxe a turnê do seu álbum “Delírio”, e encantou o público com sua voz cantando versões de músicas de Martinho da Vila, Adriana Calcanhotto e César Mendes, além de suas próprias faixas. Roberta, que veio pela terceira vez ao Festival, disse estar muito feliz e honrada por tocar em uma praça que recebe o nome de Mestre Dominguinhos. “É um reencontro com a cidade que adoro. Um estado que é um exemplo pro Brasil de incentivo à cultura, e de criação de público. Acho que Pernambuco faz isso muito bem”, afirmou ela, que fez questão de frisar que estava com saudades dos garanhuenses.

Alceu Valença subiu ao palco para apresentar sua turnê “Raízes” que, segundo ele, é uma homenagem à cultura pernambucana. Mesmo debaixo da chuva fina, o público pulou e cantou muito dos maiores sucessos do cantor, como La Belle de Jour, Morena Tropicana e Diabo Louro.

Para conferir a programação inteira do 26º Festival de Inverno de Garanhuns, clique aqui.

Por Daniela Batista / Secom PMG

Azulão ao 74 anos, foi a surpresa boa na programação do FIG 2016.

Alceu Valença fez uma apresentação diferenciada em Garanhuns, com seus grandes sucessos.

Roberta Sá, um encantamento da voz ao repertório.

Juliano Holanda

Fotos: Nichole de Andrade / Secom PMG

MAMULENGO: É diversão garantida no Festival de Inverno de Garanhuns

Foto: Bráulio Santana / Secom PMG
O Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) também abre espaço para os mestres e grupos que mantém vivo um patrimônio imaterial brasileiro, o “Mamulengo” - tipo de fantoche típico do Nordeste. O palco, que comporta aproximadamente 90 pessoas, está instalado no Parque Euclides Dourado e as apresentações, realizadas durante todos os dias do evento, iniciam a partir das 15h. Por dia, são realizados três ou quatro espetáculos deste considerado teatro do riso.

Apesar das apresentações terem um cunho de entretenimento, os espetáculos também levam ao público discussões de temas pertinentes à sociedade, com temas de política, direitos e deveres sociais e respeito ao próximo, por exemplo. “Eu amei, perfeito. Eu gosto muito de mamulengo. E passou uma mensagem sobre a internet, que foi uma parte que achei muito importante. Eles passaram que você não deve deixar a criança assistindo no quarto fechado, porque eles podem acessar coisas que eles não podem ver. Foram passadas muitas dicas. Além da diversão, foi muito importante”, comentou Diuvânia Barros, de 46 anos de idade, que ao lado de sua filha aproveitou o espetáculo.

Na tarde desta quarta-feira (27), o Mamulengo do Mestre índio foi o primeiro a se apresentar. Em seguida foi a vez do Mamulengo Mulato, baseado no reisado. Depois, subiu ao palco a atração garanhuense Mamulengo Tomé; e as apresentações do dia foram encerradas com Yaathê Thudia. “Eles passam que o mamulengo é uma brincadeira e que por meio dessa brincadeira é possível você ouvir coisas importantes para sua vida. E Garanhuns é uma cidade cosmopolita, o que contribui bastante para trazer essas linguagens. A brincadeira não é alienante, muito pelo contrário, ela tem esse papel de ser esclarecedora e informativa. E nesse ano o palco cresceu muito. Nós que estamos na produção, estamos muito satisfeitos com esse festival”, completou a produtora do Palco Manulengo, Mirian Brasileiro.

Por: Ruthe Santana / Secom PMG

PRAÇA DA PALAVRA: Conta com a participação de grandes nomes da literatura Brasileira.

Foto: Laís Domingues / Secretária de Cultura de Pernambuco
Em um novo corpo. É assim que o jornalista e escritor pernambucano Raimundo Carrero se define após ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC) em 2010, que comprometeu parte de seus movimentos, mas não sua necessidade de escrever todos os dias. Vencedor de grandes prêmios nacionais de literatura, como o Oswald de Andrade e o Jabuti, lançou, em 2015, um romance autobiográfico sobre a experiência, “O senhor agora vai mudar de corpo”. No último sábado (23), Carrero conversou com o professor e escritor garanhuense Mário Rodrigues na Praça da Palavra sobre sua obra e a representação do romance nordestino no cenário nacional.

Carrero falou, para uma plateia cheia, sobre o que ele considera a “nova invasão do nordeste” na literatura brasileira. Para ele, apesar dos questionamentos sobre as dificuldades da produção e comercialização literária em nossa região, cada vez mais os escritores têm conseguido espaço no resto do país, alcançando grandes premiações e até editoras internacionais. “Se apagarem os romances do nordeste da história, não haverá mais grandes romances, com raríssimas exceções”, enfatizou o autor, que lamentou que o cenário literário do estado seja visto com pessimismo, já que alguns dos maiores destaques brasileiros nasceram ou passaram por Pernambuco, a exemplo de João Cabral do Melo Neto e Clarice Lispector, que passou parte de sua juventude na cidade do Recife.

Raimundo saudou o colega, Mário – um dos vencedores do Prêmio Sesc de Literatura -, e seus conterrâneos Helder Herik e Nivaldo Tenório, escritores que têm se destacado e criado um novo legado quando se fala da cidade de Garanhuns e sua relação com a escrita. “Vir para Garanhuns é sempre uma grande festa, pois essa é uma cidade de grandes escritores e também de grandes leitores, além dos amigos queridos que me fizeram estreitar a relação com a cidade. Valorizem Mário, Helder, Nivaldo, que têm contribuído para que a literatura continue pulsante por aqui. Cultuem esses autores”, pediu aos presentes.

Na ocasião, Carrero também falou sobre o ofício de escritor, dando dicas aos interessados em construir suas próprias narrativas. “O autor tem que saber enganar, direcionar o olho do leitor em suas cenas, além de valorizar o uso de palavras simples sobre coisas simples. O autor não diz, ele mostra. Quem diz alguma coisa é o jornal, o ensaio. O escritor tem que seduzir e conquistar o leitor, que, se gostar, nunca mais vai embora”, brincou.

Fonte: Portal da Cultura de Pernambuco

quarta-feira, 27 de julho de 2016

ALTERNATIVO: Espaço para o teatro alternativo no Festival de Inverno de Garanhuns

Fotos Rodrigo Ramos / Secult-PE/divulgação
Para atender a uma antiga demanda da classe artística, o 26º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) abre espaço pela primeira vez para o teatro alternativo. O segmento abrange os espetáculos cujas propostas fogem do palco à italiana, que é o formato mais tradicional de teatro, e já conta com um movimento bem articulado no Recife. Em Garanhuns, a Casa Galeria Galpão é o endereço que abriga as peças do estilo, encenadas sempre às 21h, até o sábado, último dia do FIG.

A estreia da mostra aconteceu na última segunda-feira, quando Fábio Calamy e Daniel Barros, da companhia Cena Off, apresentaram o espetáculo “Acontece enquanto você não quer ver”. O trabalho expôs a banalidade com que tratamos a barbárie do cotidiano e chamou o público para o debate sobre os vários tipos de violência presentes na sociedade. O bate-papo foi mediado por Rodrigo Dourado, logo após a peça.

“Há 26 anos que o FIG traz uma programação voltada para o teatro de rua. As atrações sempre acontecem no parque Euclides Dourado, no teatro Luiz Souto Dourado ou no polo Castainho. Quando chegavam as propostas de encenações alternativas, a gente não tinha como absorver. Com essa ação de levar para o galpão, percebemos que houve uma feliz conjunção, porque o teatro dialoga com as exposições de artes visuais e tudo vira cenário; o público se depara com outras provocações. Estamos apostando muito nisso; é uma ação muito delicada”, destacou Jorge Clésio, coordenador de artes cênicas da Fundarpe, que se demonstrou satisfeito com a adesão do público à nova proposta.

A mostra tem continuidade hoje com “Pa(Ideia)”, do pernambucano Junior Aguiar, que estabelece um diálogo entre Paulo Freire e o seu torturador na Ditadura Militar, quando foi preso no Recife. Apesar de se basear em um fato ocorrido em 1964, o espetáculo traz um discurso bastante atual. Na quinta, será apresentada “A Receita”, do coletivo O Poste; na sexta, é a vez de “Na Beira”, no Teatro de Fronteira; e no sábado, “(In)Cômodos”, do grupo 4 no Ato, encerra o programa. Ao fim de cada espetáculo será feita uma roda de conversa com Rodrigo Dourado, professor do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal de Pernambuco.

“Algumas propostas de teatro contemporâneo não cabem mais no teatro convencional porque interagem com o público de forma mais direta, ou são mais íntimas, ou ocupam o espaço físico de forma diferenciada. Estamos torcendo para que esse espaço se mantenha nos próximos anos. O debate é sempre uma ação pedagógica, porque a gente acha que o público deve descobrir esse tipo de teatro discutindo como ele é”, observa Dourado, que é diretor do Teatro de Fronteira que, desde 2009, investiga formas de fazer teatro.

Fonte: Camila Estephania / Folha de Pernambuco

TODOS OS RITMOS: Palco Forró tem shows noturnos iniciados

Foto: Bráulio Santana / Secom PMG
A primeira noite de shows do Palco Forró, no 26° Festival de Inverno de Garanhuns, teve início nesta terça-feira (26). O polo, localizado na avenida Júlio Brasileiro, em frente ao Parque Euclides Dourado, receberá diversas apresentações até o próximo sábado (30). Grandes nomes do forró, como Petrúcio Amorim, Gennaro, Liv Moraes e Irah Caldeira devem subir ao palco apresentando o melhor do ritmo.

As atividades do palco tiveram início às 22h, com show de Messias Sanfoneiro e a Morena Forrozeira. Pela primeira vez no palco Festival de Inverno, a dupla, que já se apresentou na Roda de Sanfona e no Viva Dominguinhos, logo tratou de recepcionar o público com clássicos regionais.

Em seguida foi a vez do músico Ari de Arimateia subir ao palco com um repertório repleto de homenagens ao cantor e compositor garanhuense Dominguinhos. O artista também faz parte do elenco do filme "A Luneta do Tempo", dirigido por Alceu Valença, que o apadrinhou com o nome artístico.

Finalizando a noite de shows o cantor Derico Alves preparou um show especial, que trouxe elementos do forró tradicional para uma linguagem mais popular. "Quando a gente chegou aqui na frente do palco a avenida tá superlotada. As pessoas vieram realmente para ouvir o forró, curtir e dançar", finalizou o músico garanhuense.

Margarida de Carvalho, de 49 anos de idade, estava disposta a sair de casa para aproveitar os shows de hoje, mesmo com a baixa temperatura. "Tô achando muito boa a programação daqui e pretendo voltar outras noites. Dá pra dançar a noite toda sem ficar cansada", disse.

Nesta quarta-feira (27) as apresentações no Palco Forró continuam a partir das 22h. O primeiro show da noite será do Forró Total. Logo após, às 22h50, é a vez de Liv Moraes e convidados. E encerrando a programação, às 23h50 que se apresenta é Bia Marinho. A programação completa pode ser acessada através do portal: htpp://www.garanhuns.pe.gov.br.

Por Aquilles Soares / Secom PMG

RÁDIO: Programa FIG EM PAUTA conta com reportagem do Jornal Crer em Pernambuco

Valdir Santos também fez um som ao vivo, durante a entrevista.
Foto: Jane Pimentel / JCPE

Os ouvintes ficam sabendo de tudo o que ocorre nos bastidores do FIG 2016.
Foto: Jane Pimentel
O programa FIG EM PAUTA, apresentado por Beto Duran nas manhãs da rádio 87 FM, tem levado ao ar informações sobre o maior evento de arte e cultura da América Latina. Os entrevistados são os que fazem o evento acontecer. São secretários municipais, colaboradores da Fundação de Cultura do Estado, artistas, turistas e tantos outros.

Pelo quarto ano, o FIG EM PAUTA tem a responsabilidade de produção de Jane Pimentel. O Jornal Crer em Pernambuco disponibiliza sua estrutura na captação de informações que dão sustentação ao excelente conteúdo do já consagrado programa de rádio.

Nesta quarta (27), a conversa foi com o Secretário de Saúde de Garanhuns, Alfredo de Góis, Coordenadora da Vigilância Sanitária Katarina Almeida e o cantor, compositor e apresentador de TV e rádio, Valdir Santos, que encerra nesta noite os shows do Palco Pop.

Este ano o palco Pop foi montado em frente ao Parque Euclides Dourado. Neste mesmo palco também acontece os shows de Forró, quando muda de nome para Palco do Forró.
Outra informação importante é que os horários foram antecipados em uma hora do que consta na programação divulgada. Esta alteração ocorre até amanhã, voltando aos horários previstos anteriormente.

BOA RECEPÇÃO: Assistência Social promove ações de proteção social no FIG

Foto: Bráulio Santana – Secom/PMG
Por meio da ação “Todo Cuidado é Pouco”, a Secretaria Municipal de Assistência Social está atuando na 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), reafirmando o seu papel em termos de proteção social. Com esse intuito, os garanhuenses e turistas que vão ao Parque Euclides Dourado, a partir das 15h, estão sendo recepcionados por uma equipe técnica da secretaria, acompanhada de crianças com o rosto pintado, intitulados como os “Sombras”, que estão distribuindo panfletos e lembrancinhas do festival, em uma abordagem técnica qualificada.

O objetivo da ação é sensibilizar a população sobre a importância da colaboração de toda a sociedade em relação aos cuidados que devem ser tomados com as crianças e adolescentes, quanto ao combate à exploração sexual, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas e sobre a exploração ao trabalho infantil, por exemplo. Psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, orientadores e educadores sociais compõem a equipe realizadora da ação.

Além dessas ações, algumas crianças, adolescentes e idosos dos grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras’s), estão realizando diversas apresentações culturais, em companhia de orientadores sociais.

Por Ruthe Santana / Secom PMG

FIG: Oficinas são ofertadas gratuitamente

Oficinas gratuitas são ofertadas até a sexta-feira (29) durante o Festival de Inverno de Garanhuns. De acordo com a assessoria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a programação dos cursos será feita das 14h às 18h, no Parque Euclides Dourado.

Para o dia 27, será ministrado o curso "Trufas de Chocolates", com orientação de Gustavo Pessoa. Na quinta-feira (28), acontecerá a oficina "Drinks e Bebidas", com Lucila Dutra. Já na sexta-feira (29), será a vez do curso "Quentes para o Inverno Coquetéis".

A assessoria informou que as vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas no local - o preenchimento será feito por ordem de chegada. Mais informações podem ser obtidas no número (87) 3764-2700.

Serviço
Oficinas do Senac durante o FIG
Local: Parque Euclides Dourado
Endereço: Avenida Júlio Brasileiro, número 126, Bairro Heliópolis
Horário: das 14h às 18h
Período: até 29 de julho
Acesso: gratuito.


Fonte: G1

POLÊMICA: Safadão doa cachê de R$ 575 mil a instituições de caridade

Imagem: Reprodução internet
O cachê de R$ 575 mil, que o cantor Wesley Safadão recebeu para se apresentar no São João de Caruaru deste ano, foi doado para cinco instituições de caridade desse município do Agreste de Pernambuco. Os pagamentos foram feitos na tarde desta terça-feira (26), durante coletiva de imprensa na sede da Luan Promoções, empresa responsável por gerir a carreira do artista, na Ilha do Retiro, na Zona Oeste do Recife.

Wesley afirma não guardar mágoas do episódio e se sentir muito feliz por praticar a solidariedade. Na época, três advogados entraram com uma ação popular para que a apresentação fosse cancelada, e a Prefeitura de Caruaru decidiu anular o pagamento, que acabou sendo realizado por patrocinadores. "Acho que tudo que aconteceu serviu como um grande aprendizado, e eu estou muito feliz. Eu acho que não tem um mal que não traga um bem", disse.

Todas as instituições contempladas atuam na Capital do Forró. São elas: Centro Social São José do Monte, Lar da Criança Pobre Nossa Senhora do Carmo, Centro de Educação Popular Comunidade Viva, Casa dos Pobres São Francisco de Assis e Instituto do Câncer Infantil do Agreste (ICIAH). Cada uma delas recebeu o valor de R$ 92.943,10, já que do valor total da doação foram descontados impostos.

Durante show para cerca de 100 mil pessoas no dia 24 de junho, Safadão anunciou que doaria o cachê, após uma polêmica envolvendo o valor pago ao artista [reveja no vídeo abaixo]. No mês passado, o Ministério Público chegou a questionar o montante, considerado muito alto em comparação com o que teria sido pago ao cantor para se apresentar em Campina Grande, na Paraíba, onde o cachê seria de R$ 195 mil, segundo a prefeitura da cidade. Já de acordo com a Luan Produções, a quantia foi de R$ 360 mil.

Safadão diz ter sido pego de surpresa pela repercussão em torno do assunto. “A gente estava numa correria muito grande no mês de junho, na estrada, nos shows. Acordei com a notícia. Meu empresário logo em seguida disse que tudo ia se resolver. E a forma como aconteceu, eu não ia dormir tranquilo”, ressalta.

Fonte: G1

MAIS ÁGUA EM PE: Oito novos sistemas de dessalinização estão em implantação em Pernambuco

Imagem: Reprodução internet
Com o objetivo de garantir água potável aos pernambucanos, o programa de dessalinização capitaneado pelo Governo Paulo Câmara e executado pela Secretaria Executiva de Recursos Hídricos, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDEC), já beneficia mais de 208 mil pessoas em todo o interior do Estado. E, em agosto, entram em funcionamento mais oito dessalinizadores que estão sendo implantados pela SDEC nos municípios de Bodocó, Exu, Surubim e Venturosa.

Em Bodocó, serão três sistemas em Cacimba Nova, Inhame e Lagoa Trancada. No município de Surubim serão beneficiados os povoados de Lagoa da Vaca e Capoeira do Milho. Já Venturosa receberá dois equipamentos, no Sítio Ouro Branco e na comunidade Pedra Fiche. Exu, por sua vez, terá o Sítio Barrilha contemplado.

Com a operação destes equipamentos, Pernambuco somará mais de 230 sistemas de dessalinização em pleno funcionamento, sendo umas das mais eficazes ações de enfretamento à seca em vigor. Atualmente é produzido um volume superior a 140 mil litros de água potável por hora, beneficiando a população da zona rural do semiárido pernambucano.
Mais 100 equipamentos foram contratados para instalação no Agreste e Sertão do Estado e, em paralelo, está em vigor um contrato de manutenção preventiva e corretiva com foco no bom funcionamento dos dessalinizadores. Cada um deles atende, em média, entre 250 e 7.500 pessoas, dependendo da vazão do poço e do porte do equipamento.

Fonte: Governo de Pernambuco

terça-feira, 26 de julho de 2016

ABSURDO! Polícia apreende pacotes de cocaína carimbados com o rótulo Rio-2016

Foto: Polícia Civil / Divulgação
A polícia do Rio de Janeiro apreendeu, nesta segunda-feira, pacotes de cocaína carimbados com o rótulo Rio-2016 e os desenhos dos anéis olímpicos. Na embalagem, contém uma informação que diz: "Use longe das crianças". A operação aconteceu no bairro da Lapa, região bastante boêmia da cidade, faltando apenas 10 dias para o início da Olimpíada.

Essa não foi a primeira operação feita em território olímpico nos últimos dias. No período de um mês, 40 pessoas já foram acusadas da venda de produtos piratas que usam a marca olímpica. As fiscalizações são conduzidas pela Delegacia de Repressão ao Crimes contra a Propriedade Imaterial, que esteve em Copacabana nesta segunda-feira.

Ao todo, foram apreendidos 93 papelotes de cocaína, 28 papelotes de crack e 13 munições de calibre 40, que possui uso restrito.

Fonte: DP

BOA MUDANÇA: Azulão abre programação do Palco Dominguinhos na quarta-feira (27)

Imagem: Divulgação / Secom PMG
Azulão é mais um nome confirmado na programação do Festival de Inverno Garanhuns. O forrozeiro se junta a Alceu Valença, Roberta Sá e Juliano Holanda, e será o responsável por abrir a programação desta quarta-feira (27) do Palco Dominguinhos, a partir das 20h. Com quase 50 anos de carreira, o músico caruaruense também é compositor, tendo mais de 60 músicas gravadas por cantores famosos como Genival Lacerda, Marinalva, Trio Nordestino, Os Três do Nordeste e muitos outros. Entre seus sucessos, destacam-se: “Dona Tereza”, “Nega Buliçosa”, “Mané Gostoso”, “Trupé de Cavalo”, “Tô Invocado”, “Afogando a Minha Dor” e tantas outras, lembradas até hoje e perpetuadas pelas novas gerações.

Fonte: Secom / PMG

VITRINE DO FIG: Armazém da Arte e Negócios no 26º Festival de Inverno de Garanhuns

Foto: Cloves Teodorico / Dupla Comunicação
O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Pernambuco, em parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura de Garanhuns, promove, até o dia 30 de julho, o Armazém da Arte e Negócios no 26º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). O espaço, instalado no Parque Euclides Dourado, reúne 73 estandes e busca fomentar e impulsionar a comercialização do artesanato do Agreste Meridional.

Cerca de 100 profissionais integram a estrutura da iniciativa, que existe há 13 anos. Os moradores e turistas de Garanhuns que passarem pelo galpão até o próximo sábado (30) poderão conferir peças em tecido, madeira, ferro, entre outros materiais.

A artesã Adriana Veiga é uma das expositoras. Ela trabalhava no comércio da cidade, mas em 2004 mudou de área e começou a atuar com arte sustentável, reaproveitando peças usadas. “Hoje estou trabalhando com restauração de objetos antigos, principalmente louças. O Sebrae sempre nos ajuda com palestras e oficinas desde a Arte no Casarão, que era o nome anterior desse projeto. É gratificante estar aqui e a expectativa de venda é a melhor possível”, enfatiza.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Pernambuco, Josias Albuquerque, visitou o armazém nesse final de semana. Para ele, a feira é o exemplo concreto do crescimento na produção de artesanato no interior de Pernambuco. “O depoimento de todos os expositores é o que me deixa gratificado. O Sebrae vem interiorizando cada vez mais o seu trabalho e observando aqui, cada história dessa, notamos que a participação da atividade artesanal contribui diretamente para o desenvolvimento e turismo de toda a região”, comentou.

O gerente da Unidade Agreste Meridional, Moshe Dayan Fernandes, reforça a importância do Sebrae para geração de novos negócios. “Estamos fazendo parte da programação oficial do Festival de Inverno e isso é muito válido. Nossa missão é promover maior possibilidade de mercado para os participantes da feira, para que eles se desenvolvem economicamente. Tem gente aqui que é Microempreendedor Individual (MEI), vendendo inclusive com cartão de crédito. O armazém está deixando, a cada ano, de ser regional e tornando-se estadual”, pontua.

No decorrer da semana, oficinas de negócios e de arte serão realizadas no espaço. O Armazém da Arte e Negócios funciona de hoje (25) até a próxima quarta-feira (27), das 10h às 20h; e dos dias 28 a 30, das 10h às 21h. A entrada é franca.

Fonte: Cloves Teodorico - Dupla Comunicação

LITERATURA: “Ondas da Leitura” abrilhanta Praça da Palavra no FIG 2016

Foto: Nichole de Andrade / Secom PMG
Durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), a Praça Souto Filho, conhecida popularmente como Praça da Fonte Luminosa, se transforma em um grande cenário literário. No polo, além das demais atividades, a programação contempla apresentações do projeto “Nas Ondas da Leitura”, da Secretaria Municipal de Educação e Esportes. O projeto de incentivo à leitura contempla 60 escolas municipais, alcançando milhares de crianças e adolescentes.

No auditório do polo, às 14h de cada dia, as crianças apresentam trabalhos que foram desenvolvidos por eles, resultado do projeto. “Eles apresentaram os trabalhos realizados nos últimos dois meses nas escolas e decidimos trazer aqui para a Praça da Palavra, para que essas produções pudessem alcançar um número maior de pessoas”, comentou a auxiliar de coordenação de Biblioteca e Salas de Leitura, Nadja Carvalho. Durante os dias de Festival de Inverno deste ano, trabalhos de 19 escolas estão sendo apresentados no local.

O projeto Nas Ondas da Leitura, que chega neste ano a sua segunda edição, procura estimular o hábito pela leitura entre as crianças nas salas de aula. Os livros são trabalhados com eles, de acordo com o ano que eles estão cursando. A partir da leitura dos livros paradidáticos, eles fazem a releitura de forma diversificada, por meio de apresentação de teatro, músicas e paródias, por exemplo, à critério do professor de cada turma.

Fonte: Secom / PMG

ARTE: Instituto Histórico e Geográfico exibe exposição coletiva de artistas garanhunses durante 26º FIG

Foto: Camila Queirozz / Secom PMG
O Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns (IHGG) está sediando, durante a 26ª edição do Festival de Inverno, uma exposição coletiva de fotografias e pinturas, que acontece até o próximo sábado (30). Todos os artistas que estão expondo são naturais da cidade de Garanhuns.

A fotógrafa Amanda Pietra exibe, mais uma vez, no Festival de Inverno – desta vez mostra Seu Abilho, que revela o cenário nordestino e a história do sertanejo Abilho, que tem parentesco com Amanda. “Seu Abilho é a compreensão da força do agricultor que se expressa tão forte nas marcas absorvidas em sua pele, no decorrer do seu envelhecimento e trabalho árduo”, comenta.

O pintor Jáder Cysneiros expõe seus quadros que misturam técnicas de cubismo, abstrato e o figurativo. Suas telas em acrílico demonstram a brasilidade por meio de cores vivas e rostos. Além desses dois artistas, Espedito Dias, Osvaldo Vicente e Socorrinho Gueiros também ganham um espaço para mostrar seus trabalhos no IHGG.

O IHGG também oferece palestras todos os dias, a partir das 16h30min; e teatro a partir das 19h. O IHGG é localizado na Praça Dom Moura, 44, no Centro – próximo à Casa Galeria Galpão. 

Confira a programação do Polo para os próximos dias:

TEATRO - Sempre às 19h

Terça-feira (26) e Quinta-feira (28):
MilkShakespeare (ensaio aberto)
Direção: Elias Mouret 4noPorão Cia de Teatro

Quarta-feira (27) e Sexta-feira (29):

Os Miseráveis (ensaio aberto)
Direção: Marcos Freitas Ubuntu-Teatro

PALESTRAS - Sempre às 16h30:

Terça-feira, 26/7:

João Marques: Augusto Calheiros

Quarta-feira, 27/7:

Igor Cardoso: Fernando Jouteux – O Maestro de chapéu de couro

Quinta-feira, 28/7:

Ivonete Xavier: Luis Jardim – O Traço e a Prosa

Sexta-feira, 29/7:

Juvenal Barbosa Lopes: Catimbó-Jurema – Fé, Magia, Força e Segredo no Sertão Nordestino.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

PRAÇA DA PALAVRA: Rico espaço com programação variada, além de lançamentos de livros

Foto: Camila Queiroz / Secom PMG
Contação de histórias, lançamentos de livros, recitais e debates fazem parte da programação da Praça da Palavra, polo que concentra as atividades literárias durante o 26° Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). O espaço, localizado na praça Souto Filho, conta também com estande de vendas de livros e café com espaço para leitura.

Durante a manhã deste domingo (24) a programação contou com atividades com os alunos do Erem Sebastião Thiago, de Jupi; e um Piquenique de Poesia: poesias brincantes e contação de histórias com As Trovadoras. Também foi realizado o lançamento dos livros "Noturno Sem Música" e "Jutaí menino" do escritor Gilvan Lemos – nascido em São Bento do Una e que faleceu em março de 2015.

O momento contou com a participação da escritora e homenageada da 25ª edição do Festival de Inverno, Luzilá Gonçalves, e da sobrinha do autor, Lívia Valença. “Eu era amiga pessoal dele e esta é uma oportunidade incrível que as pessoas, não apenas de Garanhuns, estão tendo. Por isso é válida a divulgação de obras aqui na Praça da Palavra, como foi feito com essa de Gilvan e também de tantos outros artistas locais”, declarou Luzilá.

À tarde, os alunos das escolas municipais Mário Matos e Prof. Letácio Brito puderam participar de atividades no auditório do polo. Simultaneamente aconteceu uma roda de história com o Grupo “Encantadores de Histórias”, no estande do Serviço Social do Comércio (Sesc). A programação da Praça da Palavra segue até o próximo dia 30 de julho, e pode ser conferida através do portal: http://www.garanhuns.pe.gov.br/.

Fonte: Aquilles Soares / Secom PMG

SHOWS DO DOMINGO: Cerca de 20 mil pessoas acompanharam os shows do domingo (24)

Imagem: Secom PMG
Nem a chuva e a temperatura de 16ºC afastou o público da Praça Mestre Dominguinhos na noite do domingo (24). De acordo com a Polícia Militar, cerca de 20 mil pessoas acompanharam os shows do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste pernambucano.

A primeira atração da noite a cantora Amanda Back, seguida de Josildo Sá, que levou o show "Samba de Latada" para o palco principal do FIG 2016. A sambista pernambucana Karina Spinelli foi a terceira a se apresentar no domingo.

Gal Costa foi a última artista da terceira noite de shows do Festival de Inverno. A cantora se apresentou com o show "Estratosférica", fruto do último álbum lançado.

MOSTRA DE CINEMA: FIG traz produções nacionais e estrangeiras para exibição gratuita

Foto: Bráulio Santana / Secom PMG
Em sua 12ª edição, a Mostra de Cinema do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) trouxe grandes títulos do mundo cinematográfico para serem apreciados pelo público. Estarão em cartaz, durante o 26° FIG, treze filmes pernambucanos, nacionais e estrangeiros, que serão exibidos no Cine Eldorado, na Avenida Rui Barbosa. Ao todo, são três sessões por dia – 14h, 18h40 e 21h – e os ingressos são distribuídos na bilheteria, gratuitamente, uma hora antes de cada exibição.

Neste ano, a programação contempla exibições com audiodescrição e libras e a sessão especial “Horror Brasileiro Contemporâneo”. Além disso, ao final de algumas exibições, alguém da equipe do filme, que poderá ser um ator, produtor ou diretor, por exemplo, estará em contato com o público para um bate-papo sobre a produção do filme e tirando dúvidas sobre o mesmo. A exemplo disso, na quarta-feira (27), Alceu Valença vai conversar com o público sobre “A Luneta do Tempo”. De um modo geral, a programação privilegia produções nacionais e, sobretudo, produções pernambucanas.

A coordenadora de audiovisual da Secretaria de Cultura de Pernambuco falou sobre a relevância dessa programação durante o FIG. “Ter esse polo no FIG proporciona um acesso a alguns filmes que naturalmente não chegariam aqui. Eu acredito que o cinema, a arte de um modo geral, está muito associado ao entretenimento, a alegria. Mas a arte também é um ponto de desconforto, chega a um ponto de reflexão. O cinema traz algumas perspectivas de como você pode lidar com a sua vida melhor, de como você pode ver novos horizontes e ter uma vida melhor. Então quando as pessoas veem e discutem sobre o filme, interagem, é uma forma de você se abrir para o mundo e crescer, enxergar coisas novas”, comentou Milena Evangelista.

Além da programação no Cine Eldorado, em Garanhuns, a Mostra de Cinema no FIG irá estender-se, por meio do projeto “Cinema na Estrada”. O projeto itinerante será levado ao Sítio Colônia, em Jupi; ao Sítio São José, em Canhotinho; a Saloá e ao distrito de São Pedro.

A programação completa poderá ser conferida no seguinte link: http://www.garanhuns.pe.gov.br/programacao-completa-do-fig-2016/.

Fonte: Secom PMG

domingo, 24 de julho de 2016

NESTE DOMINGO(24): Gal Costa apresenta show "Estratosférica" no Festival de Inverno de Garanhuns

Imagem: Reprodução internet
Com repertório que vai da bossa ao rock, Gal Costa chega ao Palco Dominguinhos, neste domingo (24), o show do seu disco mais recente, Estratosférica, às 0h20. A apresentação, que traz as assinaturas de Pupillo (leia-se Nação Zumbi) na direção musical, e do jornalista Marcus Preto na direção artística, celebra os cinquenta anos de carreira da cantora baiana, com a inquietude que lhe é peculiar.

No palco, o público poderá conferir canções que proporcionam um diálogo entre os compositores da nova geração como Marcelo Camelo, Mallu Magalhães, Criolo e Céu, com alguns nomes da sua própria geração: Tom Zé, Milton Nascimento, Caetano Veloso, João Donato, Rita Lee, Jorge Ben, Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Ainda no roteiro, estão ainda "Cabelo", "Brasil", "Pérola Negra" e repertório do novo álbum que inclui "Ilusão à Toa", Johnny Alf, e "Quando você olha para ela", composição de Mallu Magalhães.

Além de Gal Costa, se apresentarão, no Palco Dominguinhos, os cantores Amanda Back, Josildo Sá e Karynna Spinelli. Os shows começam a partir das 21h.

INFLAÇÃO: Assim como o mulatinho, feijão preto aumenta de preço

Imagem: Reprodução internet
Herói em tantas ocasiões, o feijão voltou a ser o vilão na mesa dos brasileiros, fato que tem se repetido nas últimas pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o último levantamento, o tipo mulatinho passou a custar, em média, 45,94% a mais, enquanto o preto ficou 34,23% acima dos valores apresentados no mês anterior.

O que já estava ruim ficou ainda pior, pois o feijão preto vinha sendo uma saída encontrada pelas famílias em sua alimentação básica.

E segundo instituições do setor, as questões climáticas foram responsáveis pelo aumento do grão em todo País. “A falta de chuvas em algumas regiões, como também o excesso dela em outras áreas do Brasil, fez com que o feijão fosse o vilão na feira”, disse o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Gabriel Maciel.

Para o presidente do Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (IBRAFE), Marcelo Eduardo, no entanto, além do clima não ajudar, o Governo Federal vem sendo omisso com o setor e sabia que esses preços iriam subir uma hora. “Foram três tentativas de reunião, não fui recebido nenhuma vez para falar sobre o que estava acontecendo. Se o setor não é ouvido, esse tipo de situação acontece”, afirmou.

Acreditando que no inicio de 2017 o preço do grão deve cair, devido à produção que já começa em outubro, o presidente do IBRAFE fez um alerta. “Os produtores devem ter os mesmo incentivos por parte do Governo. Hoje, outros tipos de grãos, como o milho e a soja, têm mais incentivo e benefícios do que o produtor de feijão, que é um prato tradicional na mesa do brasileiro”, reclamou.

Para quem não vive sem feijão, há alguns hábitos que podem ser mudados. “Aquela família que consome cinco vezes na semana, pode diminuir para duas vezes, substituindo os alimentos”, aconselhou o economista Tiago Monteiro. Já para Gabriel Maciel, apesar de ser uma tradição, falta a consciência às famílias ao não saberem que podem influenciar o mercado. “O brasileiro tem que aprender que o dinheiro é dele. Se o feijão está caro, não compre. Isso força os produtores a diminuir os valores”, comentou Maciel.

Fonte: Folha de Pernambuco

COMEÇANDO HOJE(24): Mais pólos de arte e cultura, começando hoje no FIG. Confira!

Abertura da Casa Galeria Galpão

A Casa Galeria Galpão, grande espaço das artes visuais no Festival de Inverno de Garanhuns, abre suas portas neste domingo (24), a partir das 17h. Com 15 exposições fixas, o espaço reunirá ao longo dos próximos dias uma série de atividades.

Som na Rural

No Parque Euclides Dourado, o Som na Rural recebe as bandas Embuás, Tequila Bomb e Dirimbó. Os shows começam às 18h.

Recital com Andréa Amorim

A cantora Andréa Amorim comanda um recital poético musical na Praça da Palavra, a partir das 19h30. A programação do espaço contará ainda com o lançamento do livro "Expedição Pernambuco - O Leão do Norte, de Luiz Netto e Bart VanDorp, às 20h.

CIRCO: Magia do circo é opção de grande público que prestigia 26º FIG

Imagem: Divulgação / Secom PMG
Aplausos e gargalhadas foram arrancados Das mais de 1.200 pessoas, entre garanhueses e turistas, que prestigiaram, na tarde deste sábado (23), o primeiro espetáculo do Circo desta edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Ao todo, serão oito dias de espetáculos, sempre às 16h. Neste ano, instalado no Parque Euclides Dourado, a arte circense conta com uma programação gratuita que privilegia a tradição, sem deixar de abrir espaço para artistas contemporâneos, com apresentações pernambucanas e, também, de outros estados do Nordeste.

Na tarde de ontem(23), a lona do circo se transformou em um colorido encontro de família. Crianças, adolescentes, adultos e idosos – todas as gerações, juntas – estavam ansiosos para assistir o ‘Picadeiro Pernambuco, a Tradição Milenar’. O espetáculo, formado pelo Centro Carcará (PE), contou com apresentações de mágica, acrobacias, tecidos, trapézio, malabares, show de palhaços, entre outras modalidades – todas elas acompanhadas de música ao vivo, que animava e envolvia os presentes. A exemplo da garanhunese Maria Vitória, de 12 anos de idade, todo o público estava entusiasmado com o espetáculo. “Eu sempre gosto muito de circo porque a gente se diverte. Está sendo muito bom”, disse a pequena.

O espetáculo, montado exclusivamente para esse primeiro dia de atrações no circo, reuniu artistas de seis circos itinerantes e outros artistas independentes. “É uma grande mostra da grande família circense pernambucana. Então pessoas que nunca trabalharam juntas estiveram no mesmo picadeiro trazendo números extremamente tradicionais de circo. Sempre que a gente vem somos muito bem recebidos, pois encontramos um público alegre e receptivo. É muito prazeroso. Uma troca de energia. É uma alegria. Uma grande explosão de prazer”, completou o diretor do espetáculo, Willames Santana.

Como conseguir os ingressos:

Os ingressos são entregues a cada dia, das 11h às 12h30, no mesmo local onde a lona está instalada. Neste domingo (24), o circo irá receber artistas do Circo Lua Crescente e Cia, da Trupe Circus, da Paraíba. Já na segunda-feira (25), a atração será de Alagoas, da Turma do Biribinha. No dia seguinte, o público poderá assistir ao espetáculo “O Circo Chegou”, do circo pernambucano Nawellington. Na quarta-feira (27), a atração Circo de Rua é da Tropa Trupe, do Rio Grande do Norte (RN). “Magia para Todas” é o nome do espetáculo que Ryan Rodrigues trará na quinta-feira (28). Na sexta-feira (29), é a vez da Tradição Centenária do Circo Alvez, com música e poesia de Pernambuco. E encerrando a programação circense desta edição do FIG,1 no sábado (30), o público assistirá uma grande mostra de números circenses, que contará com diversos artistas.

Fonte: Secom PMG

TEATRO DE GARANHUNS: Um estranho muito intimo, hoje (24), no Centro Cultural com entrada franca!


Hoje(24) tem teatro adulto no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, às 19h com entrada gratuita. Em exibição a comédia Um estranho muito intimo, uma produção da Troupe Azimute de Garanhuns, que tem como autor e diretor do espetáculo, Julierme Galindo. 
É imperdível!

SEGURANÇA DO FIG: O evento conta com fiscalizações do Corpo de Bombeiros e reforço da PM.

Imagem: VeC Garanhuns / Reprodução 
Neste Festival de Inverno a segurança está de parabéns. Falando da Praça de eventos Mestre Dominguinhos, apenas para exemplificar, estão disponíveis quatro grandes saídas de emergência. Segundo o Tenente do Corpo de Bombeiros Marcos Fabrício, responsável pelo Centro de Atividades Técnicas em Garanhuns, as saídas de emergência permitem uma rápida evacuação da praça. Elas estão localizadas nos seguintes locais: Duas ao lado do palco, ao lado do conhecido Cachorro Quente do Azevedo e outra na lateral do Centro Cultural. O Tenente não aconselha fazer uso das escadarias da entrada principal, em caso de emergência.

Quanto a atuação da Polícia Militar, o efetivo lançado no evento na noite do sábado (23), contou com 275 Policiais Militares, sendo 10 Oficiais e 265 Praças, entre e eles os efetivos do GATI, ROCAM e Cavalaria. "O evento transcorreu de forma tranquila, encerrando às 02h00, com público estimado em 45.000 pessoas. Foram registradas 17 (dezessete) ocorrências, sendo 05 envolvendo adolescentes, estas repassadas ao Conselho Tutelar do Município 11 (onze) vias de fatos e 1(uma) por porte de entorpecente", segundo os repassou a própria PM. O policiamento foi Comandando pelo Tenente Coronel Ely Jobson, comandante do 9º BPM, sediado em Garanhuns.

sábado, 23 de julho de 2016

PELAS MULHERES: Marcha de Todas as Flores marca sábado do 26º FIG

Imagem: Secom PMG
Neste sábado (23), dentro da programação do 26º Festival de Inverno de Garanhuns, a ‘I Marcha de Todas as Flores: das lutas às conquistas’ reuniu centenas de pessoas. A iniciativa visa promover reflexão sobre os direitos do gênero e ressaltar as conquistas das mulheres. O momento teve sua concentração em frente ao Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, de onde os participantes saíram pelas ruas do Centro – a marcha seguiu até o Palco da Cultura Popular, localizado no Espaço Colunata.

O bloco Flor do Eucalipto, fundado há 16 anos, foi o responsável pela animação do momento, conduzindo os participantes com marchinhas e hinos populares. “Eu acho esse momento muito válido. A mulher tem que reivindicar seus direitos de todas as formas possíveis”, disse Maria Bernadete, de 78 anos, que faz parte do bloco desde a sua fundação.

Maria das Graças, de 52 anos, veio do Recife para aproveitar a programação do FIG e fez questão de participar da marcha. “Está tudo muito lindo, a mulher é uma trabalhadora e merece ter todos os seus direitos assistidos. O trabalho que a secretaria da mulher é maravilhoso”, comentou.​

Fonte: Secom PMG

NESTE SÁBADO(23): Zeca Baleiro homenageia Naná Vasconcelos

Imagem: Reprodução internet
O cantor maranhense Zeca Baleiro e o paulistano Paulo Lepetit se reúnem neste sábado (23), no Palco Dominguinhos, para apresentar pela primeira vez em Pernambuco as canções do projeto Café no Bule, disco feito em parceria com Naná Vasconcelos, e que registra a genialidade dos três músicos. “A sintaxe do álbum é mais próxima da cultura popular, de uma dicção de origem. Há porém uma elaboração, melódica e harmônica, mais intuitiva que de pesquisa”, disse Zeca Baleiro sobre o repertório que o público poderá conferir neste segundo dia de Festival de Inverno de Garanhuns, que contará ainda com o encontro de Kátia de França e Xangai, os shows de Romero Ferro e Elba Ramalho.

Confira os destaques da programação do FIG:

Espetáculo Picadeiro Pernambuco

O Parque Euclides Dourado já está com a lona armada para receber a apresentação do espetáculo “Picadeiro Pernambucano, a Tradição Milenar”, que irá reunir artistas circenses de várias companhias do Estado. A apresentação começa às 16h, e o acesso é gratuito. Mais informações: goo.gl/6wzpc9

Abertura do palco de Cultura Popular

O Palco de Cultura Popular será tomado, neste sábado (23), pelos mais variados ritmos e folguedos da cultura popular pernambucana. As apresentações, que começam às 10h da manhã e seguem até às 19h, contarão com a participação do Afoxé Elegbará, Reisado Três Reis do Oriente, Tribo Indígena Tapirapé e a Banda Musical Curica, grande Patrimônio Vivo de nosso Estado. Mais informações: goo.gl/1kxqjG

Espetáculo Nações Africanas

A Companhia Bacnaré entra em cena neste sábado (23), a partir das 19h, para apresentar o espetáculo de dança "Nações Africanas", no Teatro Luiz Souto Dourado. A montagem mostra a grande variedade cultural que há no continente africano, através de uma mistura de ritmos e coreografias. Mais informações: goo.gl/6wzpc9

Abertura da Praça da Palavra

A Praça da Palavra abre oficialmente sua programação neste sábado (23). Com as participações de Dominique Berthé, Maria Alice Amorim, Humberto Araújo, Brunna Rachel e Raimundo Carrero, a programação inclui ainda uma série de palestras e atividades literárias. Mais informações: goo.gl/neR7uM

Espaço Patrimônio e Armazém do Artesanato

O Espaço Patrimônio e o Armazém do Artesanato também iniciam suas atividades neste sábado (23), no Parque Euclides Dourado. Com exposições, venda de artesanatos e atividades culturais, os espaços começam funcionar às 14h. Mais informações: goo.gl/XyihY5.

Som na Rural

A caravana musical itinerante pilotada por Roger de Renor marca presença mais uma vez no FIG. Este ano, a Rural vai estacionar no Parque Euclides Dourado, oferecendo a partir deste sábado (23) até o próximo sábado (30), shows de artistas e grupos pernambucanos representantes dos mais diversos gêneros musicais. Neste primeiro dia, a programação contará com as participações de Mexidinho, Aninha Martins Banda Cara de Doido e Rimas.Inc (A.K.A Clécio Rimas). Mais informações: goo.gl/XyihY5.

Fonte: Secom PMG

NO CENTRO: Espaço Colunata é palco da Cultura Popular no FIG

Foto: Bráulio Santana / Secom PMG
O terceiro dia do 26º Festival de Inverno de Garanhuns segue a todo favor. Todas as manhãs, o Espaço Colunata torna-se palco para apresentação de diversos grupos culturais vindos de todo o Nordeste. Hoje (23), a diversidade tomou conta do centro de Garanhuns. Foram apresentados samba de coco, reisados, danças populares e outros ritmos.

O Reisado Três Reis do Oriente, liderado por Luiz Gonzaga de Lima, o Gonzaga de Garanhuns, se apresentou para um público já conhecido. Gonzaga tem 72 anos de idade e dança reisado desde 1955, quando começou aos 12. Ele afirma que o FIG é de extrema importância para que a cultura seja valorizada na cidade. “É muito importante, não só para mim mas para nossa cultura, para nossa cidade e para o nosso povo. Atualmente, Garanhuns está se destacando muito com os reisados. Já temos cinco grupos”, disse.

Já passava das 13h quando o Grupo Afoxé Elegbará começou a apresentar sua performance, baseada em religiões afrodescendentes. Em sua segunda apresentação na cidade, o grupo recifense, regido pelo Mestre Carlos Sereia, transformou músicas já conhecidas nacionalmente em versões especiais. “O afoxé, por sua vez, é uma representatividade do meu candomblé, da minha matriz africana em um culto profano. Foi o modo que a nossa cultura teve de desmistificar a religião de afrodescendente dentro da sociedade”, afirmou Carlos, que disse estar feliz por trazer seu grupo à cidade, concluindo: “O Festival de Inverno de Garanhuns é um evento que é almejado por todos os grupos de cultura afro-brasileira. É extraordinário estar aqui mais uma vez compartilhando dessa festa.”

O Samba de Coco Santa Luzia, criado em Caetés, 150 anos atrás, colocou o público que estava presente para dançar. Durante cerca de 30 minutos, os 20 componentes sambaram o coco que já é tradição entre os 26 membros, que apresentaram músicas cridas por seus bisavós. O grupo já se apresentou diversas vezes em Garanhuns e também em Triunfo, Belo Jardim, Recife e outras cidades do estado.

O Palco Cultura Popular terá apresentações todos os dias do Festival, começando sempre a partir das 10h. Para conferir a programação completa, acesse: http://www.garanhuns.pe.gov.br/programacao-completa-do-fig-2016/.

Fonte: Secom PMG

sexta-feira, 22 de julho de 2016

TEATRO: Forte presença de produções teatrais em seus variados formatos no FIG 2016

Contemporânea, criativa, com DNA e sotaque. Assim é a produção teatral nordestina, uma das mais pungentes do País. Ligada às tradições da sua localidade, mas dialogando com assuntos que vão além do seu quintal. Com vistas em privilegiar essa cena e lançar luz sobre os espetáculos produzidos na região, a programação de teatro do 26º Festival de Inverno de Garanhuns recebe, de quinta-feira (21) até sábado (30), espetáculos que traduzem esse espírito poético e questionador, apresentando artistas de Pernambuco, do Ceará e da Bahia.

Novidade desta edição, a Mostra de Teatro Alternativo ocupa a Casa Galeria Galpão a partir da segunda-feira (25), com trabalhos que propõem outra forma de fazer e fruir peças e cenas, de forma mais intimista, estimulando aproximações entre público e criadores.

Em diálogo com o trabalho feito ao longo do ano pela Secretaria de Cultura do Estado e pela Fundarpe, a Mostra de Artes Cênicas do FIG privilegia, em 2016, espetáculos que, além de apresentarem um panorama diversificado da produção nordestina, tocam também em temas seminais na atualidade, como pertencimento, política, afetos e vivências de minorias. “É uma intenção das secretarias de cultura do Nordeste incentivar um maior diálogo entre as produções dos estados e, no FIG, damos esse passo para privilegiar obras que instigam o público a refletir sobre sua própria existência”, aponta Jorge Clésio, coordenador de Artes Cênicas da Secult-PE.

Exemplo desse pensamento é o espetáculo O Ano Em Que Sonhamos Perigosamente, do Grupo Magiluth (PE), que abriu a programação nesta quinta-feira (21). A obra é construída a partir dos jogos cênicas característicos do coletivo pernambucano, colocando o corpo dos intérpretes para tensionar questões como desejos, individualidade versus coletividade, pertencimento versus deslocamento.

Apontamentos e vivências relacionadas às histórias das minorias também ganham destaque na programação com a encenação das elogiadas Joelma, do Território Sirius Teatro (BA), hoje (22), sobre uma transexual negra e sua trajetória de luta pelo poder de ser e viver sua verdade, e Avental Todo Sujo de Ovo, do Grupo Ninho de Teatro (CE), no dia 29.

“O teatro tem uma potência muito grande em comunicar questões do seu tempo e, hoje, as vidas não normativas têm batalhado por sua visibilidade, por respeito e por direitos. É um movimento que se contrapõe à brutalidade do conservadorismo que insiste em dizimar as minorias”, acredita Fábio Vidal, que interpreta Joelma na peça homônima.

O teatro político ganha destaque em Soledad – A Terra É Fogo Sob os Nossos Pés, de Hilda Torres, sobre a trajetória da ativista política Soledad Barrett. Uma obra que clama por resistência às opressões, golpes e cerceamentos políticos. Uma ode à liberdade. O espetáculo ganha sessão sábado (30).

Ainda com uma pegada política, mas utilizando o humor como arma de conscientização, WWW PARA FREEDOM, do grupo Barracão Teatro (SP), é uma provocante montagem que se utiliza da arte do clown para tratar da necessidade de se combater regimes não democráticos. No espetáculo, único da programação produzido fora do Nordeste, os atores, através do jogo do palhaço, contam a história de soldados que são enviados para libertar um povo da ditadura.

Dando destaque também ao teatro infantil, a Mostra recebe as peças Esconderijo de Gigantes, da Inquieta Cia de Teatro (CE), dia 29, e Chico Flor Contra os Monstros na Ilha do Fogo, da Cia Biruta, de Petrolina, no dia 30. Ainda para o público mirim, a Tropa do Balacobaco (PE) faz duas apresentações ao ar livre: O Espelho da Lua, quinta-feira (28/07), às 16h, no Parque Euclides Dourado, e Re Te Tei, na sexta-feira (29), às 16h, no Castainho.

MOSTRA DE TEATRO ALTERNATIVO

Grande novidade da programação de artes cênicas do FIG, a Mostra de Teatro Alternativo vai reunir na Casa Galeria Galpão, entre os dias 25 e 30 de julho, produções pernambucanas pensadas para espaços não tradicionais, como residências e espaços independentes. A ideia é reforçar a pungência do movimento que ganhou força no Estado a partir de 2014 e que tem sido responsável por uma parcela significativa da produção atual.

“Estamos em um ano de desestruturação política, econômica, de ideias. Espetáculo é necessário para fazer as pessoas refletirem sobre sua posição no mundo. A proposta é uma provocação necessária para os dias de hoje”, enfatiza Jorge Clésio.

A escolha da Casa Galeria Galpão, espaço tradicionalmente voltado para as artes visuais, fotografia e o design, também é simbólica, destacando o caráter aglutinador do teatro, uma arte em constante diálogo com as outras linguagens.

Entre os destaques da mostra estão os espetáculos 4x Hilda, da Duas Companhia, e (PA)Ideia, do Coletivo Grão Comum, que destaca o pensamento do sociólogo Paulo Freire. Compõem ainda a programação A Receita, d’O Poste Soluções Luminosas; Na Beira, do Teatro de Fronteira; e (IN)Cômodo, do Grupo 4 no Ato.

Confira a programação completa de Artes Cênicas do 26º Festival de Inverno de Garanhuns:

Quinta-feira, 21/7

TEATRO ADULTO
21h30 – O Ano em que Sonhamos Perigosamente
Grupo Magiluth (PE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

Sexta-feira, 22/7

TEATRO ADULTO
19h – Joelma
Fábio Vidal (Território Sirius/BA)
Com legendas e tradução em LIBRAS
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

Sábado, 23/7

CIRCO
16h – Picadeiro Pernambuco, a Tradição Milenar
Centro Carcará (PE)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

DANÇA
19h – Nações Africanas
Bacnaré (PE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

Domingo, 24/7

CIRCO
16h – Tripé Circus Recordando a Tradição
Circo Lua Crescente e Cia. Trupé Circus (PB)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

TEATRO ADULTO
19h – Um Estranho Muito Íntimo
Troupe Azimute (PE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

Segunda-feira, 25/7

CIRCO
16h – Magia
Turma do Biribinha (AL)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

DANÇA
19h – Dança que ninguém quer ver
Associação Giradança (RN)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ALTERNATIVO
21h – Acontece enquanto você não quer ver
Cena Off (PE)
Local: Casa Galeria Galpão

Terça-feira, 26/7

CIRCO
16h – O Circo Chegou, Alegria Geral
Circo Nawellington (PE)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

TEATRO PARA A JUVENTUDE
19h – WWW Para Freedom – Palco Giratório 2016/Circuito Pernambucano
Barracão Teatro (SP)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ALTERNATIVO
21h – 4x Hilda
Duas Companhias (PE)
Local: Casa Galeria Galpão

Quarta-feira, 27/7

CIRCO DE RUA
12h30 – Combo
Tropa Trupe (RN)
Local: Palco de Cultura Popular

CIRCO
16h – O Sonho Continua
American Circo (PB)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

DANÇA
10h – Emoções
Academia de Dança Marta Melo (Garanhuns)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

19h – Frestas, Fôlego e Pele
Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral (PB)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ALTERNATIVO
21h – Pa(Ideia)
Junior Aguiar (PE)
Local: Casa Galeria Galpão

Quinta-feira, 28/7

CIRCO
13h – Magia para todos
Ryan Rodrigues (PE)
Local: Castainho

16h – No Picadeiro com a Família Vidal
Disney Circo (PE)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

TEATRO DE RUA
16h – O Espelho da Lua
Tropa do Balacobaco (PE)
Local: Parque Euclides Dourado

DANÇA
19h – Mundo ao Redor
Adriana Carneiro (PE)
19h30 – A Feira
Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral (PB)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ALTERNATIVO
21h – A Receita
O Poste (PE)
Local: Casa Galeria Galpão

Sexta-feira, 29/7

CIRCO
16h – A Tradição Centenária do Circo Alves, com música e poesia de Pernambuco
Circo Alves (PE)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

TEATRO PARA A INFÂNCIA
10h – Esconderijo dos Gigantes
Inquieta Companhia de Teatros (CE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO DE RUA
16h – Re Te Tei
Tropa do Balacobaco (PE)
Local: Castainho

TEATRO ADULTO
19h – Avental todo sujo de ovo
Grupo Ninho de Teatro (CE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ALTERNATIVO
21h – Na Beira
Teatro de Fronteira (PE)
Local: Casa Galeria Galpão

Sábado, 30/7

CIRCO
16h – Mostra de Números Circenses
Acrobacia Aérea (Rhayan Gomes) / Contorção (Euller Kalebe) / Palhaço (Trupe Circuluz) / Diabolô e Duo Acrobático (Jonathan Marinho e Eduardo Antônio) / Ilusionismo (Mickael Marvey) / Palhaço (Ronaldo Aguiar)
Local: Lona de Circo (Parque Euclides Dourado)

DANÇA
16h – Passo
Compassos Cia de Danças (PE)
Local: Parque Euclides Dourado

TEATRO PARA A INFÂNCIA
10h – Chico Flor contra os Monstros na Ilha de Fogo
Cristiane Crispim (PE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ADULTO
19h – Soledad – A Terra é fogo sob nossos pés
Hilda Torres (PE)
Local: Teatro Luiz Souto Dourado

TEATRO ALTERNATIVO
21h – (In)Cômodos
Grupo 4 no Ato (PE)
Local: Casa Galeria Galpão

Confira a programação completa do 26° Festival de Inverno de Garanhuns no site www.cultura.pe.gov.br

quarta-feira, 20 de julho de 2016

MUDANÇA NO TRÂNSITO: Autarquia de Trânsito e Transportes informa sobre interdições durante 26º FIG

Foto: Beto Duran / JCPE
Durante a 26ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), por meio da Guarda Municipal, executa interdições de trânsito nas principais avenidas e ruas da cidade – incluindo os acessos aos principais polos de animação. As medidas visam o melhor fluxo de veículos e passagem dos pedestres.

Os isolamentos iniciam às 16h30min da próxima sexta-feira (22), na rua Nilo Peçanha, a partir do cruzamento com a rua General Dantas Barreto; rua Afonso Pena, a partir da praça Dom Moura III; rua Coronel Antônio Victor, a partir do Colégio Estadual; além das ruas Manoel Ouro preto, Prosperidade, Coronel Antônio Souto e Coronel Antônio Victor – todas essas áreas dão acesso ao maior polo do festival, a Praça Cultural Mestre Dominguinhos.

Outras mudanças de trânsito – Ainda a partir da primeira noite de shows, a rua Ari Barroso, a partir do cruzamento com a rua 13 de Maio, também no centro da cidade, servirá, exclusivamente, para a circulação de táxis. Já a rua Manoel Clemente, na área do Parque Ruber van der Linden, onde acontecem os shows do Palco Instrumental, só será interditada a partir da terça-feira (26) – sempre das 16h às 22h.

Bairro Heliópolis – O trecho da avenida Júlio Brasileiro, que compreende a parte frontal do Parque Euclides Dourado, passará por interdição a partir do sábado (23). Os cruzamentos da avenida Rui Barbosa com a rua Marina Branco, e avenida Júlio Brasileiro com a rua Pedro Rocha também estarão fechados, servindo apenas para a entrada e saída de táxi.

A AMSTT está realizando um cadastramento dos moradores que residem nas áreas citadas para que possam ter um acesso diferenciado. Aqueles que ainda não foram contatados, devem procurar a sede da autarquia, localizada na avenida Luiz Souto Dourado (em frente ao Centro Administrativo II); ou ligar para o (87) 3762-3967.

Fonte: Secom PMG

terça-feira, 19 de julho de 2016

FIG LIMPO: Serviços de limpeza urbana são intensificados durante 26º FIG

Imagem: Reprodução internet
A Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Obras estará atuando ao longo dos 10 dias que marcam a programação do 26º Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Os esquemas de limpeza urbana serão intensificados durante o período; além da assistência promovida pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do município.

Servidores da Secretaria realizarão a limpeza da Praça Cultural Mestre Dominguinhos e dos principais polos de animação, sempre com antecedência de uma hora em relação ao começo da programação de cada polo. Ao todo, mais de 100 profissionais terão à disposição oito compactadores e cinco caçambas para realizar os trabalhos.

Além dessas atividades, uma equipe estará em regime de plantão para atender eventuais necessidades. A Defesa Civil também estará presente em uma estrutura na Praça Mestre Dominguinhos, atendendo na prevenção e em chamados do público presente.

Fonte: Secom PMG