Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 31 de maio de 2014

ECONOMIA: Franquias crescem no nordeste

As franquias no nordeste tem crescido bastante nos últimos anos. Segundo dados da ABF, a Região Nordeste detém 14,5% de presença de franquias no Brasil, atrás do Sudeste (58,7%) e Sul (14,5%), e à frente do Centro Oeste (8%) e Norte (4,3%).
O segmento de franquias, aliás, tem tido um crescimento maciço no Brasil. Em 2013, o mercado faturou R$ 115,5 bilhões, um salto de 11,9% em relação a 2012, segundo a ABF. Atualmente, há 2.703 redes de franquias em operação no país, 11,4% de acréscimo se comparado com 2012. Perde apenas para China e Coréia do Sul no número de marcas. No ano passado, 277 novas marcas foram lançadas no país, com 92,4% delas sendo nacionais.

SAÚDE: Mais humanização no ato do nascimento

O Jornal Crer em Pernambuco, em sua versão impressa, publicou matérias sobre as mudanças que estão acontecendo nas maternidades do país. Mais humanização em todo o processo gestacional.
Acompanhe abaixo as matérias e links relacionados.

Mais amor na hora do parto
Imagem: Ilustração / Internet
O Ministério da Saúde oficializou portaria publicada neste mês de maio, assegurando o direito ao parto humanizado em toda rede pública de saúde do país. A questão principal da portaria é o imediato acesso do bebê a sua mãe ao nascer, facilitando inclusive a primeira mamada.
De acordo com o coordenador da Saúde da Criança do Ministério da Saúde, Paulo Bonilha, os benefícios dessas medidas afetam não só o aspecto psicológico, como reduzem os riscos de anemia e desnutrição. "Para o bebe que nasceu chorando, vigoroso, sem nenhum tipo de complicação, o papel principal dos profissionais de saúde é proteger este momento sensível de apresentação da mãe a seu bebe e vice-versa. Isso vai ter repercussões para toda a vida", afirmou. Para os recém-nascidos com respiração ausente ou irregular, tônus diminuído e/ou com líquido meconial, a portaria estabelece que o atendimento deverá seguir o fluxograma do Programa de Reanimação da Sociedade Brasileira de Pediatria, de 2011. A unidade de saúde deverá contar obrigatoriamente com profissional médico ou de enfermagem treinado em reanimação neonatal.
As medidas passam a valer para todas as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), segundo o portal do Ministério da Saúde.
Para a Organização Mundial de Saúde (OMS), o índice razoável de cesáreas é de 15% dos nascimentos, mas 43% dos brasileiros vêm ao mundo por esse método (80% na rede particular). Há consenso de que o parto normal é menos arriscado para a mãe e o bebê do que uma cesárea, recomendada só quando há complicações. Palavra do Ministério da Saúde e até da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Violência obstétrica
Agora, contraditoriamente ao proposto pela portaria oficializada pelo Ministério da Saúde, ainda se tem notícias de violência obstétrica no atendimento público e privado.
É considerada violência obstétrica, desde a enfermeira que pede para a mulher não gritar na hora do parto normal até o médico que faz uma episiotomia indiscriminada – o corte entre o ânus e a vagina para facilitar a saída do bebê. Apesar de a OMS (Organização Mundial da Saúde) determinar critérios e cautela para a adoção deste procedimento.
Outros exemplos de violência obstétrica são a infusão intravenosa para acelerar o trabalho de parto (ocitocina sintética), a pressão sobre a barriga da parturiente para empurrar o bebê (manobra de Kristeller), o uso rotineiro de lavagem intestinal, retirada dos pelos pubianos (tricotomia) e exame de toque frequente para verificar a dilatação.

Também é considerada violência obstétrica agendar uma cesárea sem a real necessidade, recusar dar bebida ou comida para uma mulher durante o trabalho de parto ou impedir procedimentos simples, como massagens para aliviar a dor e a presença de um acompanhante na hora do parto, que pode ser o marido ou qualquer pessoa da escolha da parturiente.

Links relacionados para quem busca mais informação:


quinta-feira, 29 de maio de 2014

REPORTAGEM ESPECIAL: Doação de órgãos. Você tem coragem de ser doador de órgãos?

O título deste especial, nos leva a refletir se de fato nos preocupa o sofrimento alheio ou o nosso?
O Jornal Crer em Pernambuco, que publicou esta matéria na sua versão impressa, deseja que você mesmo tire suas conclusões, lendo uma história real de uma família que perdeu seu patriarca. E, mesmo tomados do grande sofrimento da morte daquela pessoa tão amada, lembraram do seu desejo de ser doador. Mas, para este último desejo ser atendido, precisava do consentimento da família. E, o que aconteceu deste momento em diante?
A narração dos fatos a seguir, é uma reprodução de e-mail enviado a redação do JC em PE, pelo Luiz Ferreira de Barros Neto, filho do falecido Cícero Rodrigues da Silva.

O começo do fim
Nós só descobrimos que pai estava com um tumor na hipófise, porque ele sentiu-se mal e uma dormência num braço. Então, pensando que ele estava tendo um AVC. Ele procurou o Hospital Monte Sinai, em Garanhuns, onde descobriram o tumor. Passamos uns dois ou três dias aguardando o médico daqui e uma médica do Hospital Português (Drª Feliciana, que veio a ser a chefe da equipe no caso do nosso pai), decidirem se deveria ou não ser transferido para o Recife. Decidiram que não, só que devido a previsão dos sintomas que o tumor iria causar no seu organismo, sintomas estes, que ele já vinha sentindo alguns há certo tempo, nós, os quatro filhos, com orientação de amigos médicos (Drº Ivaldo Dourado e Drº Ricardo Alecrim), decidimos que deveríamos levar por conta própria para a emergência do Hospital Português, onde ele foi internado de imediato, pois viram que era caso cirúrgico. Este tipo de tumor pode ser retirado pela narina, quando no início, e é bem mais simples, ou quando está num tamanho mais avançado, só pode ser retirado abrindo o crânio, o que é mais complicado e, este foi o caso de pai.
Após alguns dias internado,  uns 15 ou 20 dias, foi feita a cirurgia que devido a uma dificuldade de coagulação apareceram várias pequenas hemorragias que levaram a cirurgia de 4h para 10 horas. Após cirurgia, pai foi para a UTI, quando estava retomando a consciência e com os testes físicos satisfatórios, ele teve uma pneumonia, devido a aspiração de secreções, com isso, seu nível de consciência baixou novamente e daí o quadro dele foi só piorando, pois com a demora da recuperação e como ele não podia tomar anticoagulante, devido as hemorragias que teve, os médicos decidiram fazer outra cirurgia para instalação de um dreno no intuito de evitar embolia pulmonar. Dias depois, pai teve uma isquemia, que somado ao edema da 1ª cirurgia, causou um crescimento exagerado do cérebro que, para tentar diminuir os efeitos deste crescimento, meu pai teve que passar por mais uma cirurgia para retirada de parte do crânio, mas infelizmente não foi suficiente para evitar a morte cerebral e salvar sua vida.

A morte e a vida
Com a notícia da morte cerebral de pai, nós resolvemos pela doação dos seus órgãos, pois era um pedido dele em vida. Então, comunicamos ao hospital que entrou em contato com a Central de Órgãos, que mandou uma assistente social para nos acompanhar e explicar todo processo. Infelizmente, na época, para fechar o diagnóstico, precisava de um equipamento portátil para fazer o ultimo exame e, só a Central de Órgãos é que tinha este equipamento. Devido a isto, perdemos algum tempo, pois só tinha um dos médicos que operava este equipamento e ele estava sobrecarregado e não pode ir fazer o exame, com isso, terminou que o hospital conseguiu adaptar os equipamentos que estavam ligados ao meu pai e puderam levá-lo até o equipamento, em outra ala, para fazer o exame e concluir o diagnóstico. Com a conclusão do diagnóstico, a Central de Órgãos foi avisada para que pudesse enviar sua equipe médica para a captação dos órgãos.
Neste momento, o desejo de nosso pai nos ajudou a abrandar a tristeza da perda, com a felicidade em receber a notícia da equipe da Central de Órgãos. Assim que eles terminaram a captação, tiveram que levar logo um dos rins para ser transplantado, e depois recebemos a notícia, através de carta, que o outro rim foi também transplantado no mesmo dia da retirada.
A filha Tatiana Karina – A Tati, através de mensagem de texto, nos narra também seus sentimentos: “Era uma mistura de tristeza pela perda dele, e ao mesmo tempo de alegria, pois sabíamos que alguém teria uma nova oportunidade de viver! Naquele mesmo dia, pessoas estariam recebendo esses órgãos”.
Foram transplantados também as duas córneas e o fígado, sendo assim, foram cinco vidas e cinco famílias beneficiadas pela última boa ação do nosso pai, e infelizmente não foi possível ajudar mais duas vidas, porque na época em Pernambuco não funcionava o transplante de pulmão e pelo que sei (mas não tenho certeza), ainda não funciona.


A carta
A retirada dos órgãos ocorreu na madrugada do dia 30 de junho/09 para o dia 01 de julho/09, pois já tinham pessoas aguardando para recebê-los, como detalha a carta.
A data da emissão da carta foi redigida errada. A data correta é 04 de novembro de 2009.

Para autorizar a doação dos órgãos, foi preciso três consentimentos através de assinaturas (da minha irmã Tati, do nosso tio Clébio – O Pepa, irmão do nosso pai e a minha).
Gostaria de concluir que não é tão fácil tomar esta decisão, nem tão pouco foi para nós fácil, esperar o desenrolar do fechamento dos exames, devido aos per causos que existiram naquele momento, mas, não nos arrependemos em momento nenhum e, tivemos cinco bons motivos para isso, tenho certeza que se nós nunca tivéssemos esse tipo de conversa na nossa família, e se não fosse o apoio da família e amigos, teria sido bem mais difícil.

Aproveito para agradecer a todos que se envolveram conosco nesta etapa de nossas vidas e parabenizar o Jornal Crer em Pernambuco pela campanha.

Escrito por: Luiz Ferreira de Barros Neto.

Aspectos legais que regem transplantes no Brasil
A lei 9.434/97, também conhecida com a Lei dos Transplantes, trata das questões da disposição post mortem de tecidos, órgãos e partes do corpo humano para fins de transplante; dos critérios para transplantes com doador vivo e das sanções penais e administrativas pelo não cumprimento da mesma.
Foi regulamentada pelo decreto 2.268/97, que estabeleceu também o Sistema Nacional de Transplantes (SNT), os Órgãos Estaduais e as Centrais de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (CNCDO’S).
Em 2001, a lei 10.221, extinguiu a doação presumida no Brasil e determinou que a doação com o doador cadáver só ocorreria com a autorização familiar, independente do desejo em vida do potencial doador. Logo, os registros em documentos de identidade (RG) e Carteira Nacional de Habilitação, relativos à doação de órgãos deixariam de ter valor como forma de manifestação de vontade do potencial doador.

Para maior informação sobre todos os aspectos que envolvem o processo de doação e transplantes no Brasil, acesse o sítio eletrônico: www.transplantes.pe.gov.br.

Boas notícias para quem precisa de transplante
Nos últimos três anos, o número de transplantes de órgãos sólidos no Brasil tem crescido na ordem de 18%, entre 2010 e 2013, segundo informações do Ministério da Saúde, que ainda afirma que o Brasil possui a maior rede pública de transplantes do mundo. Nos Estados Unidos, o número de transplantes é maior que no Brasil, mas, lá os procedimentos são privados.
O estado de Pernambuco, em 2013, zerou a fila para transplantes de córneas. Considera-se zerada a fila de espera, quando o número daqueles que precisam do procedimento é igual ou menor que a capacidade média mensal de atendimento do estado.
No mês de abril deste, o Hospital de Olhos de Pernambuco (HOPE), apresentou uma nova técnica de transplante de córnea no estado. Esta nova técnica reduz o índice de rejeição e a recuperação visual é mais rápida. A nova técnica está sendo realizada na Fundação Altino Ventura pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Evolução dos transplantes em Pernambuco
Fonte: CNCDO-PE

Fonte: CNCDO-PE

Ser doador é mais simples do que você imagina
Para doar e salvar várias outras vidas, tirando de filas enormes pessoas que podem estar com suas vidas comprometidas durante a espera e, até mesmo não aguentar e morrer. Para concretizar este gesto solidário e de amor ao próximo, você só precisa comunicar esta vontade a sua família. Apenas a sua família é quem autoriza a doação. Não adianta deixar nada escrito ou gravado. A sua família é quem vai autorizar a doação. Portanto, converse sobre o assunto com todos, pesquise mais detalhes do quanto esta sua atitude pode proporcionar vida nova a muitas outras pessoas.

CENTRAL DE TRANSPLANTES DE PERNAMBUCO
Praça Oswaldo Cruz. s/n - Prédio do Complexo Regulador - Boa Vista - Recife/PE  Fones: (081) 3412-0205 / 0800-2812185.
e-mail: transplantespe@saude.gov.br
Sitio eletrônico: www.transplantes.pe.gov.br

Conheça mais sobre doações de órgãos, acessando os links abaixo:










Programas de TV sobre doação de órgãos:







Matéria do Profissão Repórter: A espera de um coração – Parte 03. TV Globo

Fonte: Jornal Crer em Pernambuco - Edição 60 - Maio de 2014.
Repórter: Beto Duran

GARANHUNS CONTINUA SEM ÁGUA: O problema não terminou no dia 25, como garantiu o gerente regional da Compesa

Foto: aldenisfernandes.com.br
O Jornal Crer em Pernambuco divulgou a razão da falta d'água em alguns bairros de Garanhuns. A quebra de bombas na barragem de Cajueiro, comprometeu o fornecimento de água para 50% da cidade de Garanhuns.

Em entrevista ao JC em PE, o gerente regional da Compesa, Gilvandro Barbosa Tito, garantiu que a regularização do serviço ocorreria até o domingo (25/05/14), o que acabou não acontecendo, devido a novo defeito nas mesmas bombas. O problema já existe desde o dia 20 de maio. Mas, na Rua Quinze de Novembro, bairro Santo Antônio, a falta d'água em uma clínica (que pediu para não divulgar o nome), já ultrapassa 15 dias. Tanto, que o abastecimento teve que ser através de caminhão pipa. 

A nossa reportagem entrou em contato novamente com a Compesa, que nos informa através do coordenador Ednaldo, que a cidade ficará por mais 15 dias em regime de rodízio de abastecimento. Para hoje (29), estará recebendo água nas torneiras, os bairros:

- LOT. DA CAIXA
- CENTRO
- MANOEL XEU
- BRASILIA
- MAGANO
- LOT. LULA
- COHAB III
- JOÃO DA MATA
- JOSÉ LEITÃO
- ALUIZIO PINTO
- MASSARANDUBA

A Compesa ficou de enviar a redação do JC em PE, o calendário de abastecimento nos bairros até a solução do problema. Portanto, estamos no aguardo da divulgação dos dias  e locais que serão abastecidos a partir deste dia 30 de maio ao termino do problema.

Clique aqui e leia a primeira matéria sobre este mesmo assunto.

UMA MEGA LOJA: A loja Assaí de Garanhuns é a maior do estado e custou 25 milhões.

Com investimentos na ordem de 25 milhões de reais, chega a Garanhuns o Atacadista Assaí. A loja tem 12 mil metros quadrados com 400 vagas de estacionamentos, uma variedade de 6 mil itens em produtos e ficou pronta em apenas 120 dias. Esta é a terceira loja em Pernambuco, e a n° 78 do grupo no Brasil, que pertence ao Pão de Açucar. "Esta é a maior unidade nossa. Ela faz parte de um novo modelo de expansão que vem sendo feito pelo Assaí", diz a nossa reportagem o presidente nacional do Assaí, Belmiro Gomes, que completa: "Esta é a maior loja do Assaí no estado de Pernambuco, empregando diretamente 220 pessoas de Garanhuns e cidades vizinhas".
Segundo o prefeito, Izaías Régis, Garanhuns vem demonstrando crédito para empresas do mundo inteiro. A exemplo também das Casas Bahia, que pertence ao mesmo Grupo Pão de Açucar, dono do grpu Assaí, pertencente a um grupo Frances. "Estou me sentido muito feliz em ter trazido esta empresa para a nossa cidade. E, esta atrairá muitas outras grandes empresas para Garanhuns", comemora emocionado o prefeito Izaías.
Para atender esta nova demanda no fluxo de pessoas em direção ao Assaí, a empresa de transporte de ônibus Coletivos São Cristovão, passa a disponibilizar a linha da Vila do Quartel e Indiano. Foi realizada uma reformulação no quadro de horários, atendendo o usuário a cada 10 minutos. "No primeiro mês teremos um reforço de dois carros extras. Saindo exatamente da porta do Assaí para o centro", diz o gerente da São Cristovão, Sr. Domingos.

Confira algumas imagens do evento para convidados, que aconteceu no dia 28:















Fotos: Jane Pimentel

quarta-feira, 28 de maio de 2014

COPA DO MUNDO NO BRASIL: Como somos vistos? Leia matéria da France Footboll, com sua visão sobre o nosso país. É impressionante!

Espelho, espelho meu... É verdade que costumamos nos achar mais bonitos do que na verdade somos, diante do espelho. Mas, como será que nos vêem? Diante desta questão, como será que o mundo vê o Brasil da Copa do Mundo?

Uma renomada revista Francesa, a France Footboll, publicou em uma das suas edições (não vendida no Brasil), sua visão panorâmica abordando os temas: Política, Saúde, Hospedagem, Telecomunicações e Segurança, durante a Copa do Mundo aqui no Brasil.

Capa da revista France Footboll
Imagem: Internet / Facebook
O Jornal Crer em Pernambuco separou trechos da extensa matéria de 12 páginas, que tem na capa a seguinte chamada:

Medo em todo o mundo 
Afetado pela crise econômica e social, o Brasil está longe de ser o lugar imaginado pela FIFA para organizar uma Copa do Mundo, agora, menos de cinco meses de seu pontapé inicial, uma terrível fonte de ansiedade.

Imagem: Internet
Leia com muita atenção e reproduza para o máximo de pessoas o possível. Afinal, só depende de cada brasileiro fazer a sua parte para transformar a imagem da realizade do nosso país:

A Matéria:

Política

·Apesar do lema brasileiro: “Ordem e Progresso”, o que menos se vê na preparação deste mundial, é Ordem ou Progresso.

·A FIFA não pediu o Brasil para sediar a Copa, foi o Brasil que procurou a FIFA e fez a proposta.

·A corrupção no Brasil é endêmica, do povo ao governo.

·A burocracia é cultural, tudo precisa ser carimbado, gerando milhões para os Cartórios.

·Tudo se desenvolve a base de propinas.

·Todo o alto escalão do governo Lula está preso por corrupção, mas os artistas e grande parte da população acham que eles são honestos, e fazem campanhas para recolher dinheiro para eles.

·Hoje, tudo que acontece de errado no Brasil, a culpa é da FIFA, antes era dos EUA, já foi de Portugal, o brasileiro não tem culpa de nada.

·O Brasileiro dá mais importância ao futebol do que à política.

·O Brasileiro elege jogadores de futebol para cargos públicos.

·Romário (ex-Barcelona) é hoje deputado. Aproveita o descontentamento com a Copa para se auto-promover, mas nunca apresentou um projeto de lei sobre saúde ou educação. Sua meta é dar ingresso da Copa para pobre (como se essa fosse a prioridade para um pobre brasileiro).

·O Deputado mais votado do Brasil é um palhaço analfabeto e banguela, que faz uma dança ridícula, com roupas igualmente ridículas, e seu bordão é: “pior que está não fica”. Será?

·Em uma das músicas deste palhaço analfabeto ele diz: “Ele é ladrão mas é meu amigo!”, Isso traduz bem o espírito do Brasileiro. (http://letras.mus.br/tiririca/176533/)

·Brasileiros se identificam com analfabetos.

·A carga tributária do Brasil é altíssima maior que a da França, e os serviços públicos são péssimos comparáveis aos do Congo.

·Mas o Brasileiro médio pensa que ele mora na Suíça. Quem está lá, na verdade, é a FIFA.- Há um dito popular que diz que “Deus é brasileiro”.

·A FIFA, como imagem institucional, busca não associar-se a ditaduras. Tanto que excluiu a África do Sul na época do Aparthaid e, ao contrário do COI, recusou a candidatura da China, apesar das ótimas condições que o país oferecia. Mas o Brasil, sede da Copa, vive um caso de amor com ditaduras.

·O Brasil pleiteava uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU, para sentar-se ao lado França, mas devido ao seu alinhamento com ditaduras, a França já se manifestou contrariamente.

·A Presidente Brasileira parece estar alienada da realidade e diz que será o melhor mundial de todos os tempos, isso, melhor que o do Japão, dos EUA, da França, da Alemanha.

·O governo brasileiro acaba de gastar 400 milhões de Euros com compras de armas para a polícia e disse estar disposto a colocar o exército na rua para proteger a Copa contra os… Brasileiros (?) Isso mesmo, o governo está ameaçando seu próprio povo.

·Há um movimento de alguns jogadores de futebol, liderado pelo ídolo do Lyon (França) Juninho Pernambucano, chamado “Bom Senso”, pedindo conscientização dos jogadores.

·Analisando os países sedes desde 1970, o número de mortes em estádios, nos 16 anos prévios a cada edição da Copa: México: (1970): 06 mortes; Alemanha (1974): 00 mortes; Argentina (1978): 04 mortes; Espanha (1982): 00 mortes; México (1986): 12 mortes; Itália (1990): 00 mortes; EUA (1994): 00 mortes; França (1998): 00 mortes; Japão (2002): 00 mortes; Coreia do Sul (2002): 00 mortes; Alemanha: (2006): 00 mortes; Africa do Sul: (2010): 17 mortes; Brasil: (2014): 234 mortes;

·As autoridades dizem que foram pegas de surpresa!

·Não há transporte por trens.

Saúde


·Reze para não ter problemas de saúde enquanto estiver alí.

·Vacina contra febre amarela é recomendada.

·Use repelentes, no Brasil ainda há pessoas morrendo com dengue, malária ou doença de chagas, já erradicadas na França no século XVIII.

·Faça um seguro de saúde privado antes de ir ao Brasil.

·Médicos privados cobram mais de 100Eurs por consultas de 20minutos.

·Os hospitais públicos são péssimos, comparáveis a zonas de guerra. Vide 

·A frase de Ronaldinho Fenômeno virou hit no Twitter e record e visualizações no youtube.

·O Pelé pediu para os Brasileiros esquecerem os problemas e curtirem a Copa.
Hospedagem

·Paris é a cidade mais visitada do mundo, com quase 20 milhões de turistas / ano. São Paulo é menos visitada que a pequena Benidorm na Espanha, ou que a cinza Varsóvia, na Polônia ou a poluída Chenzen na China.

·São Paulo perde para Buenos Aires, Cuzco e outras cidades Sulamericanas.

·Nem no Brasil é a mais visitada. Ninguém faz turismo em São Paulo.

·Amarga o posto 68 na lista das mais visitadas do mundo.

·No entanto, um hotel em São Paulo custa em média 40% mais do que se hospedar em um equivalente hotel em Paris.

·Na época da Copa, um hotel de baixa qualidade em São Paulo chega a pedir 800 Euros por noite.

·Os brasileiros não tem hábito de intercambiar casas, alugar sofás ou hospedar pessoas por sites em internet.

·Leve adaptador de tomada. O Brasil adotou um sistema que só existe no Brasil, e muda a cada 4 ou 5 anos, gerando milhões para algumas empresas.
Telecomunicações

·Minuto de celular mais caro do mundo. Videhttp://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/10/1352956-minuto-do-celular-no-brasileo-mais-caro-do-mundo.shtml

·O sinal é péssimo, um dos piores do mundo.

·4G não existe na maioria das cidades.

·A internet é horrível e caríssima. Para o Brasil chegar aos níveis do Iraque deveria dobrar o investimento em banda larga. Videhttp://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/conexao-de-internet-no-brasil-e-mais-lenta-que-no-iraque-e-cazaquistao

Segurança


·Se você não gostou do que leu até agora, o pior está aqui.

·No Brasil há mais assassinatos que na Palestina, no Afeganistão, Síria e no Iraque JUNTOS.

·No Brasil há mais assassinatos que em toda a AMÉRICA DO NORTE + EUROPA + JAPÃO + OCEANIA.

·A guerra do Vietnã matou 50.000 pessoas em 7 anos. No Brasil se mata a mesma quantidade em um ano.

·Ano passado foram 50.177 segundo o governo, segundo a ONGs superam 63.000 mortes.

·Todo brasileiro conhece alguém que foi assassinado.

·1% dos casos resultam em prisão.

·Este 1% não chega a cumprir 1/6 da pena, e é beneficiado por vantagens que se dão aos criminosos.

·As prisões parecem masmorras e não recuperam.

·Rebeliões com dezenas de mortos, pessoas decapitadas, esquartejadas são frequentes.

·Recomenda-se levar uma pequenas quantidade de dinheiro para caso de assaltos. É comum assassinarem as pessoas que nada tem para o assalto.

·Não leve o cartão consigo, você pode ser vítima de uma espécie de sequestro que só tem no Brasil: “Sequestro Relâmpago”.

·Não use relógios, máquinas fotográficas, celulares, pulseiras, brincos, colares, anéis, bolsas caras, bonés caros, óculos caros, tênis caro, etc… Vista-se da forma mais simples possível.

·Se for assaltado, não reaja.

·Não ande pelas ruas após as 22hs.

·Caixas eletrônicos não funcionam após as 22h30, devido aos assaltos. Os políticos, no lugar de aumentar a segurança, tiveram a brilhante idéia de proibir o cidadão de bem de tirar dinheiro do caixa.

·Os bancos fecham as 16hs.

·Só faça câmbio em bancos ou casas autorizadas. Existe uma grande quantidade de moeda falsa e estrangeiros são alvo fácil.

·Policiais são monoglotas. Aprenda frases como: “Eu fui assaltado”; “preciso de ajuda”, “estou ferido”, “sou francês, leve-me ao consulado por favor”

·Há falsas blitz para assaltar pessoas.

Conclusão

·O que falta no Brasil é educação. Os números são assustadores, mesmo quando comparados com seus vizinhos sulamericanos.

·O Brasil tem uma porcentagem de universitários menor que o Paraguai;

·Apenas 3% dos Brasileiros são bilingues.

·A Argentina tem 5 prêmios Nobel, a Colombia 3, o Chile 3, a Venezuela 1, a Colombia 4, o Brasil? Zero!

·Entre as 300 melhores Universidades do mundo, não tem nenhuma Universidade Brasileira.

·O país tem 9% de analfabetos;

·No Brasil há 33.000.000 de analfabetos funcionais.

·Ano passado surgiram 300.000 novos analfabetos.

·No ranking da ONU de 2012 o Brasil, que já estava mal colocado, caiu mais 3 posições, e hoje é o número 88 no mundo. (A França é 5.)

·O Brasil fica atrás de Belize, Ilhas Fiji, Tchad, Azerbaijão, Ilhas Maurícios, Uzbequistão, Mongólia, Paraguai, Trinidad e Tobago, Belarus, Tijiquistão, Botswana, São Tomé e Príncipe, Namíbia, Santa Lúcia, Moldavia… Até atrás da Palestina em guerra, o Brasil conseguiu ficar.

·UMA VERGONHA INTERNACIONAL, mas o brasileiro está muito feliz de ser pentacampeão de futebol.

Nos corredores da FIFA já se admite que foi o maior erro da história da Instituição eleger o Brasil como sede. O que se fala é que os dirigentes deveriam ter ouvido o grande Estadista Francês Charles de Gaulle, quando disse: “O Brasil não é um país sério”.

De volta a redação do JC em PE:
É lamentável saber como somos vistos por outras nações. O poder de mudar toda uma história está em nossas mãos, nas nossas atitudes e nos nossos votos. 
Pense nisso a todo instante. Vote em pessoas sérias. E, falando em voto, talvez o Brasil esteja precisando mais de um excelente administrador do que de um político.

terça-feira, 27 de maio de 2014

CRIME X FUTEBOL: Justiça aceita denúncia contra acusados de matar torcedor com vaso sanitário no Recife

Foto: Correio do Brasil / Internet
A justiça aceita denúncia contra os três acusados pela morte do torcedor atingido por vaso sanitário no Estádio do Arruda, no Recife, em 02 de maio deste. Waldir Pessoa Firmo Júnior, 34, Luiz Cabral de Araújo Neto, 30 anos, e Everton Filipe Santiago Santana, 23 - vão responder por homicídio duplamente qualificado, com agravante do motivo fútil e surpresa. Além da tentativas de homicídio contra outras três vítimas.
Os réus continuam presos e, se condenados podem cumprir penas superiores a 30 anos de reclusão.
Diante da polêmica da impunidade nos crimes ligados às torcidas de futebol, espera-se que este caso não seja mais um nas estatísticas.

COPA PERNAMBUCO DE FUTSAL: Tigre enfrenta na semifinal o Sport Recife. O jogo será em Garanhuns.

Foto: Zerosa Filho / CBFS
Com uma boa campanha na Copa Pernambuco de Futsal, o Tigre de Garanhuns, termina a primeira fase com 18 pontos e enfrenta o Sport Recife no próximo dia 02 de junho, na Quadra do Sesc Garanhuns. O jogo da volta será dia 05, na cidade do Recife.

Mais uma vez convocamos a torcida para prestigiar a fera de Garanhuns!

GREVE CUSTOU R$ 1 MILHÃO: Justiça Federal condena os grevistas miltares pernambucanos à pagarem despesas da União

Imagem: araripina.com.br
Uma vez decretada pela justiça de Pernambuco, a ilegalidade do movimento grevista dos policiais e bombeiros militares do Estado, com base na própria Constituição Federal, na última segunda (26), o juiz federal titular da terceira Vara Federal, Dr. Frederico José Pinto de Azevedo, condenou as associações dos policiais e bombeiros militares à pagarem as despesas com a vinda da Força Nacional para garantir a segurança do Estado no período da paralisação. Segundo cálculos da União, as despesas chegam a R$ 1 milhão de reais. 
Para garantir o pagamento da sentença, foram indisponibilizadas as contas das associações através do sistema BACENJUD, para que o ressarcimento seja garantido à União.


Lojas saqueadas durante a greve da Polícia Militar
Foto: Internet
O Governo Federal buscou ressarcimento das suas despesas com a greve dos policiais e bombeiros militares do Estado de Pernambuco. E, quanto aos comerciantes que tiveram suas lojas saqueadas; moradores que tiveram seus bens danificados ou roubados durante a paralisação. Ou pior, tiveram parentes assassinados durante a greve dos policiais? Estes, devem processar o Estado, que tem o dever de proteger o cidadão?